terça-feira, 12 de outubro de 2010

A Trindade






Gostaria de entender melhor o que a Bíblia diz sobre a Trindade.






A TRINDADE
(Estudo 06 desta série)

Você gosta de ficar só? Por quanto tempo? Já imaginou se você nunca, em hipótese alguma, tivesse qualquer tipo de relacionamento, com ninguém?
Por que o ser humano não é uma ilha? Dependemos muito dos nossos semelhantes. Quando observo a natureza, penso que somos uma das espécies mais interdependentes. Muitos mamíferos, poucas horas após o nascimento já são capazes de andar, correr, saltar e pular. Existem animais que quando nascem nunca vêm os pais, porque estes já se foram há muito tempo. Mas você já observou o quanto um bebê demora para ser capaz de sobreviver sem a assistência de alguém? Anos! Tempo maior que a existência completa de muitos outros seres vivos.
Mesmo depois que o cidadãozinho já e capaz de andar com as próprias pernas ele continua dependente da família. Ainda que consiga se manter, vai sempre buscar ter a companhia de alguém. Todos têm família!
Por que o ser humano é tão dependente? Todo estudante tem sua turma, todo trabalhador tem seus colegas, todo jovem tem sua galera... E ainda vivemos arrumando desculpas para nos relacionarmos mais. Os diplomas e as condecorações são entregues em grandes reuniões, as competições reúnem milhares, as produções nos trazem a interdependência, os planejamentos são feitos acompanhados de refeições... E por falar em refeições, quantas delas não são criadas somente com o objetivo dos encontros! Enquanto as palavras “jantar” e “encontro” parecem ser sinônimas, tomar uma refeição sozinho pode lembrar solidão.
Por que a solidão é tão triste? O pior castigo que se pode aplicar a alguém é o isolamento, por quê? Pense comigo, o ser humano foi criado para ficar só? Assim que terminou de criar o homem Deus disse não é bom que o homem esteja só (Gênesis 2:18). Sabe qual a razão? É que o ser humano foi feito à imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1:26 e 27), e Deus é um ser relacional. A Bíblia não diz que Deus é amor (1 João 4:8)? Por aí nós percebemos que Deus não é sozinho, pois como seria amor se fosse sozinho? Não existe amor sem relacionamento.
O ser humano é relacional através do matrimonio, da família, das atividades que realiza, etc. Mas e Deus? Como foi possível um Deus único ter estado se relacionando com alguém desde o inicio da eternidade? Antes de ter criado qualquer um dos seres, Ele já não era amor? Sendo amor, se relacionava com quem? Acontece que, ao mesmo tempo em que Deus é Único Ele é Triúno:

Será que a Bíblia está se contradizendo? Como é possível Deus ser Único e Triúno? Este é um conceito que pode ser chamado de “unicidade na pluralidade”. Isto pode ser ilustrado pela mesma figura do relacionamento humano, o matrimônio. Vamos comparar Gênesis 2:24 com Deuteronômios 6:4:
Ouve, Israel, o SENHOR, nosso Deus, é o único SENHOR (Deuteronômio 6:4).
Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma carne (Gênesis 2:24).
As palavras sublinhadas nos dois versículos, no original hebraico são a mesma: “echad”, que, ao pé da letra, significa “um entre outros”. Do mesmo modo que Deus é “único”, “no sentido plural”, Adão e Eva eram “uma só carne” no “sentido plural”. Tanto Deuteronômio 6:4 quanto Gênesis 2:24, apresentam uma unicidade na pluralidade. Se Moisés quisesse mostrar uma única unidade de ser ele teria usado a palavra yachid, que daria o sentido de um único ser.

Três seres divinos distintos, o Pai, o Filho e o Espírito Santo, formam uma única divindade. Não existem três deuses, mas Deus são Três seres que se relacionam. Em um conselho que Paulo deu aos cristãos, ele cita o trio divino, em uma ordem que, em grego, parece até estar alfabética (Espírito Santo, Jesus, Pai): ... somente um corpo e um Espírito, como também fostes chamados numa só esperança da vossa vocação; há umSenhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos (Efésios 4:3-6).

O Espírito Santo

Na criação os três seres da divindade estavam envolvidos. No princípio, criou Deus os céus e a terra. A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas (Gênesis 1:1 e 2). Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança;(Gênesis 1:26). Mas, primeiro ser da trindade mencionado especificamente na Bíblia é o Deus Espírito Santo (Gênesis 1:2).
A Palavra de Deus afirma que o Espírito Santo não é uma força ou poder impessoal. Olhe o que Jesus falou dEle: Ele Me glorificará... e há de anunciar (João 16:14). Os primeiros cristãos o consideravam neste nível: Pareceu bem ao Espírito Santo e a nós (Atos 15:28). Naquela época Ele dirigia os interesses da igreja: Disse o Espírito Santo: Separai-me, agora, Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado (Atos13:2).
A Bíblia cita diversas atividades realizadas pelo Espírito Santo que não podem ser executadas simplesmente por um poder, e vários atributos de caráter que Ele possui, que são exclusivos de um ser que possui identidade própria. A mais forte destas características está revelada na forma que Jesus apresenta o Espírito Santo à humanidade.

Ao apresentar o Espírito Santo, Jesus O identificou como “outro Parakletos” (João 14:16). Essa palavra grega tem sido traduzida como “Ajudador”, “Confortador”, “Consolador”, “Conselheiro” e pode também significar “Intercessor”, “Mediador” ou “Advogado”. Além do Espírito, o único Parakletos mencionado nas Escrituras é o próprio Cristo (Nisto Cremos (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 1997), 94).

Quando Pedro disse a Ananias que ele havia mentido ao Espírito Santo ele disse que Ananias na realidade havia mentido a Deus. Então, disse Pedro: Ananias, por que... mentisses ao Espírito Santo? ...não mentiste aos homens, mas a Deus. (Atos 5:3 e 4). Ananias mentiu ao Deus Espírito Santo.
Esta pessoa amiga é plenamente Deus. Ele participou da Criação (Gênesis 1:2), tem existência eterna (Hebreus 9:14), está em todos os lugares ao mesmo tempo (Salmo 139:7), sabe todas as coisas (1 Coríntios 2:10 e 11). Somente um Deus pode ser criador, eterno, onipresente, onisciente e ter outras características tão sublimes.
Depois que Jesus subiu ao Céu, o Espírito Santo passou a ser o atual representante da divindade junto à humanidade. Jesus disse: Rogarei ao Pai e Ele vos enviará outro Consolador, o Espírito da verdade (João 14:16), e eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século (Mateus 28:20).
O Espírito de graça trabalha em favor dos crentes (Hebreus 10:29), aplicando a salvação de Cristo à nossa vida. Como revelador, Ele nos convence do pecado (João 16:8), nos guia em toda a verdade (João 16:13), e nos faz lembrar todas as coisas (João 14:26) que Jesus ensinou.
Deus espera que os crentes estejam cheios do Espírito Santo (Atos 13:9), para que a proclamação do evangelho alcance os confins da Terra (Atos 1:8).

O Filho

Este ser divino sempre existiu durante a eternidade. No princípio era o Verbo (Jesus), e o Verbo(Jesus) estava com Deus, e o Verbo(Jesus) era Deus (João 1:1). Mas um dia o Verbo (Jesus) se fez carne e habitou entre nós (João 1:14).
Você sabe por que, popularmente se diz que quem precisa ver pra crer é um verdadeiro Tomé? Quando Jesus havia aparecido para os discípulos, após a ressurreição, Tomé não estava, e depois quando lhe contaram o ocorrido ele não acreditou. Passados oito dias, estavam outra vez ali reunidos... veio Jesus, pôs-se no meio e... logo disse a Tomé: Põe aqui o dedo e vê as minhas mãos... não sejas incrédulo... Respondeu-lhe Tomé: Senhor meu e Deus meu! (João 20:26-28). Jesus aceitou esta adoração de Tomé, por ser realmente o Emanuel, que quer dizer: Deus conosco (Mateus 1:23).
A segunda pessoa da divindade se fez homem para ser um mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem (1 Timóteo 2:5). Portanto, pela revelação do que Está Escrito vemos que Ele é plenamente homem e plenamente Deus ao mesmo tempo.
Foi por Jesus que Deus fez o universo (Hebreus 1:1) e todas as coisas foram feitas por intermédio dEle (João 1:3). Ele se declarou profeta (Lucas 13:33), e no livro de Hebreus Paulo o revela como nosso sumo sacerdote.
Este Jesus é a pedra angular. Não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos 4:11 e 12). E para sempre o Seu reino será reino eterno, e todos lhe servirão (Daniel 7:27).

O Pai

Não temos nós todos o mesmo Pai? Não nos criou o mesmo Deus? (Malaquias 2:10). Embora Deus seja nosso Pai por ter nos criado, ninguém jamais viu a Deus (1João 4:12). Ainda que não queiramos ser filhos do nosso Pai celeste, ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos (Mateus 5:45). Mas o seu propósito para a nossa vida é nos salvar: Olhai para mim e sede salvos, vós, todos os limites da terra; porque eu sou Deus, e não há outro (Isaías 45:22). Foi por isto que sacrificou-se e deu Seu Filho unigênito (João 3:16). É Ele que te conduz ao arrependimento (Romanos 2:4).
Nos tempos do antigo Israel Deus habitou no meio deles através de um santuário que lhes pediu que construíssem (Êxodo 25:8). No Novo Testamento Deus Se revelou através de seu Filho, quando o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai (João 1:14), pois o próprio Jesus declarou: Quem me vê a mim vê o Pai (João 14:9).
E, porque vós sois filhos, enviou Deus ao nosso coração o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai! (Gálatas 4:5 e 6).
Nós recebemos a adoção do Pai! E ele quer tanto se relacionar conosco que em Sua casa há muitas moradas (João 3:16) nos aguardando, porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai, assentado à direita do Todo-Poderoso, com os seus anjos (Mateus 16:27; 26:64). E, assim, estaremos para sempre com o Senhor (1Tessalonicenses 4:17)!

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês!
2Coríntios 13:13

Pergunta Que Será Respondida Amanhã:
Seria Errado Orar Ao Espírito Santo?

12 comentários:

  1. Gostei muito da explicação, me ajudou a ver de um novo ângulo e me fez refletir um pouco e peço que leve meu comentário a correção caso necessário é assim que aprendemos ...
    Sendo Deus o maior exemplo da verdade de que não é bom que o "homem esteja só" vemos que nosso próprio Deus mostra o perigo do individualismo e do egoísmo, pois Ele mesmo é como um em três que quer ser um em "cinco".(Deus Pai, filho, Espírito Santo, Homem e Mulher)..
    é de pensar que na intimidade e união que Deus quer ter conosco... uma união mais intimida que a relação de maior intimidade entre um homem e uma mulher, quando através do ato sexual ambos se tornam na plenitude da palavra uma só carne. teríamos nós hoje buscado essa intima relação com Deus? Que em comparação com as do mundo não seriam de tempos determinados mas de possibilidades eternas. Oro a Deus pela sede sede e necessidade e alegria dessa união.

    Juliana Gobira

    ResponderExcluir
  2. Caro Pr. Valdeci voce interpreta de forma totalmente equivocada as sagradas escrituras. O que voce quer na verdade é mostrar seus conhecimentos teológicos, que para o Eterno não valem de nada todo esse conhecimento. O que importa para o Eterno é que conheçamos a Ele e a seu Filho o Messias, e sigamos a verdade como Ele realmente deixou, não esse cristianismo deturpado onde tem o dedo de satan.
    Caro Pr. Valdeci voce pensa que por ter feito teologia, conhece tudo, pois eu digo que não.
    Não conhece nada da historia como ela realmente é, se estudasse profundamente toda a história iria ver quão errado está em muitas coisas que defende aqui, (um cristianismo barato) que o Eterno não aprova.

    Ah Pr. Valdeci se você soubesse o quanto todos estão sendo enganados, você não colocaria certas coisas aqui em seu blog.

    Só tenho a lhe dizer que: TODO CRISTIANISMO QUE NOS FOI APRESENTADO ATÉ HOJE É TUDO UMA FARSA.

    Faça uma pesquisa profunda em toda a história e você verá quanto engano existe por trás de tudo.

    Só mais uma coisa: As Sagradas Escrituras, os originais foram escritos em Hebraico e nunca em Grego. O grego foi uma transliteração, onde todo o engano começou.
    Eu li os originais e vi quanta mentira existe nas Bíblias de hoje. Pra você ter uma ideia são mais de 52.000 adulterações satãnicas, e todos seguem essa bíblia adulterada, (bíblia de satan) achando que está defendendo uma verdade.

    Quer conhecer a verdade como realmente é? Busque com sinceridade ao Eterno e pesquise, não fique bitolado ao que dizem os doutores em teologia, eles só tem teoria. Vida espiritual na pratica não tem nada.

    Busque ao Eterno e a seu Filho o Messias.

    O nome do Eterno é blasfemado todos os dias.

    ResponderExcluir
  3. È impressionante como pastores e lideres da igreja, tem a coragem de mentir tão descaradamente, inventando mentiras e caluniando pessoas para continuar enganando aos membros.
    Dizer que as pessoas que eles chamam de dissidentes não acreditam no Espírito Santo. Isso é um absurdo.

    Cremos no Espirito Santo sim. Ele existe sim.

    Não aceitamos os absurdos que se prega na iasd atual, coisa que no passado não existia, mas que homens se colocaram no lugar do Eterno e mudaram. Por mais que vocês tentem mostrar que essas pessoas estão erradas, vocês se complicam mais ainda. Temos como provar tudo de que vocês falam são simplesmente teorias de homens, que para o Eterno nada valem.

    Tudo que falamos. Provamos.
    Já vocês, usam só de falácias e nunca provam nada. É sempre o mesmo blá blá blá. Um fala uma coisa, o outro fala outra. Sempre entram em contradição.

    A verdade nunca se contradiz.

    Que maior engano pode sobrevir à mente humana que a confiança de estar correto, quando se está totalmente errado! A mensagem da Testemunha Verdadeira encontra o povo de Deus em triste engano, todavia sincero nesse engano. Eles não sabem que sua condição é deplorável à vista de Deus. Enquanto aqueles que são abordados se lisonjeiam de achar-se em exaltada condição espiritual, a mensagem da Testemunha Verdadeira destrói sua segurança com a surpreendente denúncia de seu verdadeiro estado espiritual de cegueira, pobreza e miséria. Mensagens escolhidas Vol.1 Pg.327-328

    O Eterno está ansioso para nos abençoar com o poder majestoso do Seu Espírito. Mas para isso acontecer, a Igreja precisa buscar, lutar, clamar pelo preparo necessário e essencial, e fazer sua parte! Está você disposto a viver uma vida religiosa de conformidade com os ensinos divinos, e buscar este preparo espiritual para receber o poder do Espírito Santo?

    Então viva em conformidade com os ensinos divinos, e não com os ensinos de homens.

    A maioria encontra-se usualmente do lado do erro e da falsidade. O fato de que doutores em divindade tenham o mundo do seu lado não prova que estejam do lado da verdade... (The Spirit of Prophecy, vol. IV, p. 214).

    “ Líderes Adventistas que tem rejeitado a luz estão inflamados com loucura contra a santa lei de Deus, assim como a nação Judaica estava contra o Filho de Deus . Eles estão em terrível engano, enganando a outros e sendo eles mesmos enganados.” (Testemunho para a Igreja, vol. 2, p. 452)

    “Há decidido testemunho a ser dado por todos os nossos pastores em todas as nossas igrejas. Deus tem permitido ocorrerem apostasias a fim de mostrar quão pouco se pode confiar no homem. Devemos olhar sempre a Deus; Sua palavra não é Sim e Não, mas Sim e Amém.” Manuscrito 148 – Mensagens Escolhidas Vol. 2, pág. 395.
    “As pregações de sacerdotes e ministros não são necessárias para salvar do erro as
    pessoas. Os que consultam as Escrituras terão percepção. Na Bíblia, todo dever é
    esclarecido. Toda lição dada é compreensível. Cada lição nos revela o Pai e o Filho. A
    Palavra é capaz de fazermos sábios para a salvação.”
    – Testemunhos Para a Igreja 8, pág. 157 (1895)

    “São apenas os que foram tirados das profundezas que apostatarão? Há no ministério os
    que tiveram grande luz e conhecimento da verdade e que não serão vencedores.”
    – Testemunhos Para a Igreja 8, pág. 75 (1898)

    “Deus não quer que Seu povo dependa inteiramente dos pastores. Não quer que se
    enfraqueça dependendo do auxilio de criaturas humanas. Não devem como crianças
    impotentes, apoiar-se em outros.” – Testemunhos Para a Igreja 6, pág. 41

    ResponderExcluir
  4. Vou deixar para que o próprio leitor julgue, entre tudo o que escrevo e tudo o que Nunes escreve, onde está o cristianismo. Eu, particularmente, prefiro ser cristão. E o convite é para todos, inclusive, você! Um abraço, Valdeci Jr.

    ResponderExcluir
  5. Caro Nunes,

    Vejo por suas palavras que vc é uma pessoa sofrida, enganada e "bitolada". Tenho certeza que se preocupa mais com detalhes do que a verdadeira comunhão com Cristo. Parece aqueles Cristão que ficam buscando "novidades" o tempo todo, fora da Bíblia.

    Tente conhecer melhor Jesus e Ele te salvará.

    ResponderExcluir
  6. Seguidor de Cristo27 de agosto de 2011 14:39

    Caro Pr. Valdeci,


    Que Deus o abençoe e o ajude a ter fé, força e coragem p/ continuar apresentado a vontade de Deus por meio deste blog.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. é incrível como a teologia de tanto se insitir em um ensino ele é aceito como verdade incontestável. Trindade não se acha em nenhum canto da Bíblia, todavia tanto os antigos teólogos e os modernos insistem em ensinar tal fundamento.

    porque tentamos explicar Deus, o Deus de Abraão, Isaque e Jacó de uma maneira tão difícil?(trindade)?
    Qual a visão que estes patriarcas tinham de Deus(yahweh), afinal, deles procede a crença em um único Deus, se fossemos ensinar a doutrina de um deus trino será que eles aceitariam?
    Porque temos que crer nessa crença de origem tão conturbada que gerou ao longo da história separação, ódio e morte?
    E ainda gera separação. Afinal qual trinitariano (evangélico que cre na doutrina da trindade ) nunca chamou os unicistas, o Voz da Verdade, a congregação Cristã(e esta surgiu na rua Azuza, mesma origem da Assembléia de Deus)de HEREGE(quantos estudos são ministrados na igreja para forçar a crença em um deus trino(tríade) e sempre falam ELES são hereges.
    Sou assembleiano creio no todo poderoso Deus, creio que Jesus é o próprio Deus encarnado e que o Espírito Santo é o próprio Deus que habita em nossos corações.
    Creio no Deus único (em um só Deus)

    ResponderExcluir
  8. Pastor me desculpe mas vc esta um pouco equivocado em dizer que o Divino e 3 em 1.



    Olha o que a profeta Escreveu inspirada pelo espírito de DEUS
    2.3 A Criação da Terra – Pai e Filho!
    “Especialmente devia Seu Filho trabalhar em união com Ele na projetada criação da Terra e de cada ser
    vivente que devia existir sobre ela. O Filho levaria a cabo Sua vontade e Seus propósitos, mas nada faria
    por Si mesmo. A vontade do Pai seria realizada nEle.” História da Redenção, pág. 14-15

    Pai e Filho empenharam-Se na grandiosa, poderosa obra que tinham planejado - a criação do mundo. A
    Terra saiu das mãos de seu Criador extraordinariamente bela... Depois que a Terra foi criada, com sua
    vida animal, o Pai e o Filho levaram a cabo Seu propósito, planejado antes da queda de Satanás, de fazer
    o homem à Sua própria imagem. Eles tinham operado juntos na criação da Terra e de cada ser vivente
    sobre ela. E agora, disse Deus a Seu Filho: "Façamos o homem à Nossa imagem." Gên. 1:26.
    História da Redenção, pág. 20-21

    “O Pai não podia abolir nem mudar um preceito de Sua lei para socorrer o homem em sua condição
    perdida. Mas o Filho de Deus, que em associação com o Pai criara o homem, podia fazer pelo homem
    uma expiação aceitável a Deus, dando Sua vida em sacrifício e enfrentando a ira de Seu Pai.”
    História da Redenção, pág. 48
    “O quarto mandamento, que Roma se empenhou em pôr de lado, é o único preceito do Decálogo que
    aponta para Deus como o Criador dos céus e da Terra, distinguindo, assim, o verdadeiro Deus, de todos
    os falsos deuses. O sábado foi instituído para comemorar a obra da criação, e assim dirigir a mente dos
    homens para o Deus vivo e verdadeiro... Essa instituição que aponta para Deus como Criador, é um sinal
    de Sua justa autoridade sobre os seres que criou.” História da Redenção, pág. 382-383

    “O Soberano do Universo não estava sozinho em seu trabalho de beneficência. Ele tinha um associado um cooperador que poderia apreciar os seus propósitos, e poderia compartilhar de sua alegria em dar felicidade aos seres criados”.No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus.”João 1:1-2. Cristo a Palavra o único nascido de Deus, era um com o eterno Pai, um em natureza, em caráter, em propósito o único ser que poderia entrar nos conselhos e propósitos de Deus”.E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá o que será Senhor em Israel, e cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade”. Miquéias 5:2 e o filho de Deus declara concernente a si mesmo “ O SENHOR me possuiu no princípio de seus caminhos e antes de suas obras mais antigas. Desde a eternidade, fui ungida; desde o princípio, antes do começo da terra. Antes de haver abismos, fui gerada; e antes ainda de haver fontes carregadas de águas. Antes que os montes fossem firmados, antes dos outeiros, eu fui gerada. Ainda ele não tinha feito a terra, nem os campos, nem sequer o princípio do pó do mundo. Quando ele preparava os céus, aí estava eu; quando compassava ao redor a face do abismo; quando firmava as nuvens de cima, quando fortificava as fontes do abismo; quando punha ao mar o seu termo, para que as águas não trespassassem o seu mando; quando compunha os fundamentos da terra, então, eu estava com ele e era seu aluno; e era cada dia as suas delícias, folgando perante ele em todo o tempo, então, eu estava com ele e era seu aluno; e era cada dia as suas delícias, folgando perante ele em todo o tempo,”. Prov. 8 :22-30. PP - 34.

    “Cristo a Palavra, O único nascido de Deus, era um com o eterno Pai, - um em natureza, em caráter, em propósito – O único ser em todo o universo que poderia entrar em todos os conselhos e propósitos de Deus. GC.- 493”.

    “Diante dos habitantes celestiais reunidos O Rei declarou que ninguém, mas somente Cristo, O único nascido de Deus, poderia entrar completamente em seus propósitos, e a Ele foi outorgado executar as mais altas deliberações de Sua vontade”.PP. - 36

    ResponderExcluir
  9. ESPÍRITO - DEFINIÇÃO


    Ruach - Pneuma
    No Antigo Testamento, a palavra hebraica ruach aparece 377 vezes e é traduzida como “vento”, “fôlego” ou “espírito” (Gen.8:1), “princípio vital” (Gen.6;17; 7:22), “coragem “ (Josué 2:11), “vitalidade” ou “força” (juizes 15:19, “disposição” (Isaías 54:6) e “caráter moral” (Ezequiel 11;19).

    No Novo Testamento, a palavra grega pneuma é igualmente traduzida como “espírito ou respiração”.

    Nem no Antigo nem no Novo Testamentos ruach ou pneuma se referem a alguma entidade inteligente capaz de existir independentemente do corpo.

    Os conceitos de espírito e alma como são usualmente aceitos e divulgados pelo Espiritismo não são Bíblicos. Não fazem parte da Teologia Adventista.


    “A Bíblia nos mostra Deus em seu alto e santo lugar, não em um estado de inatividade, nem em silencio e solicitude, mas, rodeado por dez mil vezes dez mil e milhares de milhares de seres santos. Todos aguardando para fazer a sua vontade. Através destes mensageiros Ele está em comunicação ativa com cada parte de seu domínio. Pelo seu Espírito Ele está em qualquer lugar. Através da atuação de seu Espírito e seus anjos Ele ministra para os filhos dos homens”. Ministério da Cura - 417

    É seu propósito que a mais alta influência no universo, emanando da fonte de todo poder, seja deles. Eles têm que ter poder para resistir ao mal. Poder que nem a terra, nem a morte, nem o inferno podem resistir, poder que irá habilita-los a vencer como Cristo venceu. DTN. Pág. 679
    “Nunca antes os anjos escutaram tal oração. Eles estavam ansiosos para dar ao seu amado comandante uma mensagem de segurança e conforto. Mas não; O próprio Pai irá responder a petição de seu Filho. Diretamente do trono emana o raio de sua glória. Os Céus são abertos, e sobre a cabeça do Salvador desce uma forma de pomba da mais pura luz, Emblema perfeito dele, Aquele que é submisso e humilde”. DTN - Pág.12
    Nunca antes os anjos escutaram tal oração como a que Cristo ofereceu no seu batismo, e eles estavam solícitos para serem os portadores da mensagem do Pai para o Filho. Mas, não! Diretamente O Pai emitiu a luz da sua gloria. Os céus foram abertos e raios de glória descansaram sobre o filho de Deus e assumiram a forma de uma pomba, em aparência de ouro polido. A forma de pomba era o emblema da mansidão e bondade de Cristo. . . . Dos céus aberto vieram estas palavras: "Este é meu Filho amado, em quem tenho prazer" . . . Apesar do Filho de Deus estar revestido de humanidade, contudo Jeová, com a sua própria voz, confirma a Cristo como seu Filho ligado ao Eterno. Na manifestação de seu Filho, Deus aceita a humanidade como exaltada pela excelência do seu Filho amado.. "Que eu O Conheça", 31 de Maio
    Há um grande trabalho para fazer; e o Espírito do Deus vivo tem que entrar no mensageiro vivo, para que a verdade possa ir com poder. Sem o Espírito Santo, sem o Sopro de Deus, há torpor de consciência, perda de vida espiritual. A menos que haja conversão genuína da alma a Deus; a menos que o sopro vital de Deus estimule a alma para vida espiritual; a menos que aqueles que professam a verdade estejam atuando através dos princípios nascidos no céu, eles não nascerão da semente incorruptível, que vive e permanece para sempre. A menos que eles confiem na justiça de Cristo como a única segurança; a menos que eles copiem o caráter de Cristo, trabalhe no espírito de Cristo, eles estarão nus; eles não estão usando as vestes da retidão. Os mortos são mortos porque simplesmente passaram pela vida; para aqueles que estão trabalhando considerando a salvação fruto de suas próprias idéias, não tem Deus trabalhando com eles para ir e satisfazer os bons prazeres deles. R A., 3-12-1908,

    ResponderExcluir
  10. Jesus está esperando para soprar o fôlego em todos seus discípulos, e lhes dá a inspiração do seu santificado espírito, e transfundir a sua influência vital para o seu povo. Ele os faz entender que eles não podem servir a dois mestres daqui por diante. As suas vidas não podem ser divididas. Cristo vive dentro de seus agentes humanos, e trabalha através de suas faculdades, e age pelas capacidades que eles tem. Às suas vontades devem ser submetidas à vontade de Cristo, eles têm de agir com o espírito de Cristo, não devem ser mais eles quem vive, mas Cristo é quem deve viver neles. Jesus está buscando impressionar neles o pensamento que dando o seu Espírito Santo Ele está dando a eles a glória que o Pai lhe deu, para que Ele e o seu povo possam ser um em Deus. Nosso modo e vontade devem estar em submissão à vontade de Deus, enquanto sabendo que ele é santo, justo, e bom. Sinais dos Tempos - 10-03-92
    "Revestido com humanidade Cristo não poderia estar em todos lugares pessoalmente, então foi completamente para nossa vantagem que Ele deveria ir para seu Pai e enviar o Espírito Santo para ser o seu sucessor na terra. O Espírito Santo é Ele mesmo, despido da personalidade da humanidade e independente da mesma. Ele se representaria como presente em todos os lugares pelo seu Espírito santo”.Manuscript Release #1084
    "O trabalho do Espírito santo é grandemente imensurável. É desta fonte que poder e eficiência fluem para aquele que trabalha para Deus; o Espírito santo é o consolador, como a presença pessoal de Cristo para a alma. Aquele que vê Cristo em fé simples, pueril, é como um participante da natureza divina pela atuação do Espírito santo. Quando conduzido pelo Espírito de Deus, o Cristão pode saber que ele é feito completo em Cristo que é a cabeça de todas as coisas. Como Cristo foi glorificado no dia de Pentecostes, assim ele vai ser glorificado novamente no trabalho final do evangelho, quando ele preparará um povo para estar de pé no teste final, no conflito final da grande controvérsia”.RA - 11-29-92
    Cristo se tornou carne conosco, para que nós pudéssemos nos tornar um espírito com Ele. É em virtude desta união que nós ressuscitaremos diante da sepultura, --não somente como uma manifestação do poder de Cristo, mas porque, por fé, a vida dele se tornou nossa. Aqueles que vêem a Cristo no seu verdadeiro caráter, e O recebe no coração, tem vida eterna. É pelo Espírito que Cristo mora em nós; e o Espírito de Deus, recebido no coração por fé, é o começo da vida eterno”.DTN - 388
    "Nossa identidade pessoal é preservada na ressurreição, entretanto não as mesmas partículas da matéria ou substância material como foi para a sepultura. Os trabalhos maravilhosos de Deus são um mistério para o homem. O espírito, o caráter do homem, é devolvido a Deus, para ser preservado. Na ressurreição todo homem terá o seu próprio caráter. Deus no seu próprio tempo estimulará o morto, enquanto dá a respiração da vida novamente, e retornando aos ossos secos vida. A mesma forma retornará, mas será livre de doença e de todo defeito. Vivo novamente possuirá a mesma individualidade de características, de forma que amigo reconhecerá amigo. Não há nenhuma lei de Deus na natureza que mostra que Deus devolve as mesmas partículas idênticas da matéria que compôs o corpo antes da morte. Deus dará para o morto justo um corpo que o agradará. Comentário Bíblico. Vol. 6 - 1093

    ResponderExcluir
  11. JESUS É DEUS?
    A palavra “Deus”, na Biblia, nem sempre tem o significado de “Pai Criador Eterno”, “Jeová”, ou um “nome próprio”, como alguns querem nos fazer crer. Na verdade é um pronome de tratamento e não um substantivo próprio como se referisse a alguma pessoa especificamente quando o termo é usado. Para confirmar isto note as seguintes passagens da Escritura Sagrada:
    MOISES – Exodo 7: 1 – Então disse o Senhor a Moises: Eis que te tenho posto por deus sobre Faraó, e Arão, teu irmão, será teu profeta.
    Á RESPEITO DE PESSOAS CONSAGRADAS – Salmos 82:6 – Eu disse: Vós dois deuses, e todos vós filhos do Altíssimo.
    JESUS CONFIRMANDO A INFORMAÇÃO – João 10:33-36 – Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma obra boa, mas pela blasfêmia, porque, sento tu homem, te fazes Deus a ti mesmo. Respondeu-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse? Sois deuses?: Pois, se a lei chamou deuses Àqueles a quem a palavra de Deus foi dirigida, e a Escritura não pode ser anulada, Aquele a quem o Pai santificou, e enviou ao mundo, vós dizeis: blasfemas, porque disse: Sou Filho de Deus?
    É bom que fique claro que a palavra “Deus” não significa sempre Criador (O Pai), tão somente, mas estabelece também “Nível” ou Status”, como vimos anteriormente e pode se referir a pessoas especiais.
    O que não podemos jamais, é confundi-los com o Pai, ou usar passagens ou criar jogo de palavras ou montar doutrinas, ocultando informações e suprimindo a clareza que a Escritura Sagrada nos passa como um todo, tentando estabelecer a doutrina da Trindade.
    Assim entendendo, é fácil harmonizar e comprender passagens das escrituras como Hebreus 1:8: -Mas, do Filho, diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos.
    *** Alguns tentam desqualificar a informação que Jesus nos dá em João-10: 33-36 (citada acima) quando Jesus quando Ele cria uma linearidade da palavra “deus” e diz ... se a lei chamou deuses Àqueles a quem a palavra de Deus foi dirigida... Será que teriam coragem de contradizer Jesus “cara a cara” e afirmar: - Sinto muito Mestre, mas Você está equivocado...?

    ResponderExcluir
  12. QUEM VÊ A MIM, VÊ O PAI.

    Estão deliberadamente torcendo a informação que a Bíblia nos dá e cometendo os maiores absurdos “em nome de Deus”, ou melhor, da “religião”, tentando defender os interesses religiosos particulares e ensinar o que a Bíblia não ensina, senão, vejamos:

    “Disse-Lhe Filipe: Senhor, monstra-nos o Pai, o que nos basta. Disse-Lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a Mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?” – JOÃO 14: 8-9

    A grande maioria das religiões, professam a crença na “Trindade”. Os que assim crêem, se valem destes versículos e cometem a maior gafe e se atropelam a si mesmos na crença que professam, pois se acreditam na “Trindade”, acreditam em “três em um”. Ao supôr nesta passagem que Jesus esteja afirmando que Ele é o Pai, estão estabelecendo uma doutrina diferenciada, contra a sua própria profissão de fé. Pois se “dois são um só” e a mesma pessoa, juntamente com o Espírito Santo que os trinitaristas crêem que é uma pessoa também, poderíamos afirmar que estão crendo em uma “Dindade”, isto é, “dois em um”, pois Jesus e o Pai sendo “uma pessoa”, mais a outra pessoa que é o Espírito Santo, são apenas “duas pessoas” (Dindade), e não “três pessoas“ (Trindade). Mas não é isto que a Bíblia e ensina. Vamos continuar lendo.

    “Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em Mim?” – JOÃO 14:10
    O versículo acima aparentemente, parece confundir a pessoa de Jesus com a pessoa do Pai para um leitor superficial, mas não é isto que a Bíblia ensina. Leia o texto abaixo.

    Para que todos sejam um, como Tu, ó Pai, o és em Mim, e Eu em Ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu Me enviaste. JOÃO 17:21

    Fica claro aí que o uso do verbo “ser”, estrapola da relação Pai-Filho, e nos inclui nesta “unidade divina” de Jesus com o Pai. Fica claro que unidade abordada é uma “unidade de propósitos”, pois nós não fazemos parte da divindade, a não ser que queiramos ser “panteístas”. O versículo abaixo também ajuda esclarecer esta afirmação:

    “Naquele dia conhecereis que estou em Meu Pai, e vós em Mim,e Eu em vós”. – JOÃO 14:20

    Caso haja insistência na confusão de que Jesus e o Pai são as mesmas pessoas, haveria uma contraposição desta passagem seguinte, que fala à respeito do Pai:

    “Aquele que tem, Ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amem.” - I TIMÓTEO 6:16.

    O texto acima mostra com clareza que “O PAI”, “nenhum dos homens viu nem pode ver”. Então jamais Jesus ousaria dizer que Ele é o Pai, pelo contrário, no mesmo capítulo 14 de JOÃO, Jesus esclarece, veja:

    “Vou para o Pai; porque meu Pai é maior do que Eu” – JOÃO 14:28

    “ Mas é para que o mundo saiba que Eu amo o Pai, e que faço como o Pai me mandou.” – JOÃO 14:31

    JOÃO 5: 26 - diz que a vida de Jesus foi uma "CONCESSÃO do Pai".

    E não é só isso que foi CONCEDIDO à Jesus. Veja o seguinte texto de ME - l ,2° parágrafo, pág.302: "Cristo "FOI INVESTIDO" do direito de "CONCEDER" a imortalidade. A vida que Ele depusera como homem, Ele reassumiu e concedeu aos homens.


    Jesus confirma: ... "eu saí do Pai"... - João 16:28


    8:42 - Disse-Lhes, pois, Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai certamente Me amaríeis, pois eu saí e vim de Deus; não vim de Mim mesmo, mas Ele me enviou .
    OBS.: Está claro nesta passagem a "filiação" de Jesus. Mas, como diz o ditado:"O pior cégo é aquele que não quer ver".



    A doutrina da Trindade estabelece que “são três – coeternos”, “três pessoas em uma”, mas a Sra. White esclarece:
    As Escrituras indicam claramente a relação entre Deus e Cristo, apresentando com igual clareza a personalidade e individualidade de cada um. A unidade que existe entre Cristo e Seus discípulos não anula a personalidade de nenhum. São um em desígnio, mente, em caráter, mas não em pessoa. É assim que Deus e Cristo são um .A CIENCIA DO BOM VIVER - PÁGINAS ,421 – 422

    ResponderExcluir

Quer dizer o que pensa sobre o assunto?
Então, escreva aí. Fique à vontade.
Mas lembre-se: não aceitamos comentários anônimos.
Agora, se quiser fazer uma pergunta, escreva para nasaladopastor@hotmail.com