sábado, 4 de dezembro de 2010

A mentira de Abraão



“Deus aprovou a mentira de Abraão quando disse que Sara era sua irmã (c.f. Gênesis 12:10)?”





Prezado amigo, Deus não muda. Se ele disse que mentira é pecado, então é pecado. Esta tendência de dar um jeitinho é proveniente de nossa fraqueza. Como poderia Deus aprovar uma criação satânica? Afinal, o diabo não é o pai da mentira? Veja o que um comentário bíblico diz:

“Durante sua permanência no Egito, Abraão deu prova de que não estava livre de fraqueza e imperfeição humana. Ocultando o fato de que Sara era sua esposa, evidenciou desconfiança no cuidado divino, falta daquela fé e coragem sublime tão freqüente e nobremente exemplificada em sua vida. ... Sara era "formosa à vista", e ele não duvidou de que os egípcios de pele morena, cobiçariam a bela estrangeira, e que, a fim de consegui-la, não teriam escrúpulo de matar a seu marido. Raciocinou que não seria culpado de falsidade ao apresentar Sara como sua irmã; pois que era filha de seu pai, posto que não de sua mãe. Mas esta ocultação da verdadeira relação entre eles, era engano. Nenhum desvio da estrita integridade pode encontrar a aprovação de Deus. Devido à falta de fé por parte de Abraão, Sara foi posta em grande perigo. O rei do Egito, sendo informado de sua beleza, fez com que ela fosse levada ao seu palácio, tencionando fazer dela sua esposa. Mas o Senhor, em Sua grande misericórdia, protegeu a Sara, enviando juízos sobre a casa real. Por este meio o rei soube a verdade a tal respeito; e, indignado pelo engano praticado para com ele, reprovou Abraão, e restituiu-lhe a esposa, dizendo: "Que é isto que me fizeste? ... Por que disseste: É minha irmã? de maneira que a houvera tomado por minha mulher; agora, pois, eis aqui tua mulher; toma-a e vai-te". Gên. 12:18 e 19.

O fato de Abraão ter sido o “Pai da Fé” não implica que ele nunca tenha pecado. As Escrituras não falam que o único que não pecou foi Jesus? Você pode olhar em Hebreus 11 e vai ver que quase todos os heróis da fé relatados ali foram homens que tiveram seus pecados relatados na Bíblia. O que mostra que este não é um livro parcial, de ficção ou um conto. Conta a realidade do que enfrentam os filhos de Deus neste campo da grande controvérsia entre o bem e o mal.
Isto serve então como desculpa para seguirmos também pecando? Pelo contrário, é uma de advertência a nós de que, embora estejamos seguindo a Deus, devemos sempre vigiar, porque não estamos isentos de cair em tentação, a menos que mantenhamos nossa comunhão com Cristo.

Tudo posso nAquele que me fortalece!

Busque nEle esta força!
Que Deus o abençoe!!!


Pergunta Que Será Respondida Amanhã:
Será que a pessoa cristã pode trabalhar vendendo ou servindo algo que, por princípio, ela não deve usar?

2 comentários:

  1. Valeu pelo texto pastor. Com certeza foi muito proveitoso não apenas para mim..

    ResponderExcluir
  2. Abraão pecou sim, mas não pela mentira, mas sim, por não confiar em Deus por um momento. Abraão apenas omitiu que Sara era sua mulher, mas ele nuca mentiu a respeito, Sara era realmente irmã de Abraão, (Gn. 20.12)

    ResponderExcluir

Quer dizer o que pensa sobre o assunto?
Então, escreva aí. Fique à vontade.
Agora, se quiser fazer uma pergunta, escreva para nasaladopastor@hotmail.com