sábado, 5 de março de 2011

O Significado das Chaves do Reino dos Céus

O que significam as “chaves do reino dos Céus” mencionadas em Mateus 16:19?


“Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus” Mateus 16:19

As chaves do reino são as palavras de Cristo. Cristo mesmo disse que a chave que dá acesso ao reino é a chave do conhecimento (Lucas 11:52). As palavras de Jesus são espírito e são vida para todos os que a recebem (João 11:52); elas são as que dão vida eterna (João 6:68). A palavra de Deus é a chave da experiência do novo nascimento (I Pedro 1:23).

Assim como as palavras pronunciadas por Jesus convenceram os discípulos da divindade do seu Mestre, assim também eles, como embaixadores de Jesus, deveriam repetir Suas palavras a outros homens, a fim de reconciliá-los com Deus (2 Coríntios 5: 18-20). O poder salvador do Evangelho é o único que pode permitir a entrada dos seres humanos no reino dos céus. Cristo simplesmente confiou a Pedro, e a todos os outros discípulos, a autoridade e o poder de levar homens ao reino.

O mesmo pode dizer-se de todos os seguidores de Cristo até o fim dos tempos. A afirmação de que Cristo concedeu a Pedro maior autoridade que aos outros discípulos, ou que lhe outorgou uma autoridade diferente da que ele tinha, carece de base bíblica.

Nesta passagem, o Reino dos Céus se refere à graça divina no coração daqueles que são Seus cidadãos, aqui e agora. Ninguém pode esperar entrar no reino futuro, de glória, sem ter passado no reino presente, da graça.

Quanto ao que se ata na terra se torna atado nos céus, e o que se desata na terra se desata nos céus, é uma continuação deste outorgamento que Cristo delegou à igreja. A igreja prega o Evangelho, o indivíduo se converte, se liga ao reino dos céus. A igreja atou alguém na terra que foi atado no reino dos céus. Por um outro lado, se alguém que está ligado ao reino da graça, transferido à igreja, dele (a) se desliga, está sendo desligado no céu.

Evidentemente deve entender-se que a igreja na Terra só requererá o que o céu requer e só proibirá o que o céu proíbe. Quando os apóstolos saíram a proclamar o Evangelho, de acordo com a missão que lhe havia sido dada (Mt 28:19-20), deveriam ensinar aos conversos que guardassem “todas as coisas” que Jesus havia ensinado: “nem mais, nem menos”.

Portanto, este verso refere-se ao trabalho da igreja para com os que Cristo a ela confiou, e não a relacionamentos interpessoais.

Um abraço do seu amigo e irmão em Cristo,

Twitter: @Valdeci_Junior

Pergunta Que Será Respondida Amanhã:
Como posso deixar de trabalhar no sábado, diante do que Paulo disse em II Tessalonicenses 3:8 e 11?

Um comentário:

  1. Habilite 516 canais em sua Smart TV www.tvdigitalnopc.com.br

    ResponderExcluir

Quer dizer o que pensa sobre o assunto?
Então, escreva aí. Fique à vontade.
Mas lembre-se: não aceitamos comentários anônimos.
Agora, se quiser fazer uma pergunta, escreva para nasaladopastor@hotmail.com