quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Sexo Oral, Felação, Pecado?

Sexo Oral é Pecado?

O sexo é um presente de Deus para os casais casados (Gn 2:24) dado para a procriação (Gn 1:28) e para o prazer e deleite (Pv 5:18, 19; Livro de Cânticos). Portanto, a relação sexual dentro do contexto do casamento, que envolve segurança, não é pecado. Sobre a forma de praticar o sexo, a Bíblia apresenta alguns conselhos. Deus, o criador do prazer sexual, projetou o nosso corpo para que possa desfrutar da relação da maneira mais prazerosa e saudável.


A Bíblia CONDENA:
           

1) O sexo anal – 1 Co 6:9 (termo "sodomia"). O ânus não possui lubrificação própria e não foi projetado pelo Criador para ser penetrado com o pênis, algo doloroso para a grande maioria das mulheres. Especialistas dizem que os músculos desta região do corpo ficam mais fracos, causando dificuldades para segurar as fezes. Além disso, as bactérias anais, quando entram em contato com a vagina da mulher durante a penetração vaginal, produzem infecções, e bem desagradáveis. O corpo é o templo do Espírito Santo (1 Co 3:16, 17; 6:19, 20), ou seja, SAGRADO. Não deve sofrer lesões e precisa ser cuidado para que qualquer tipo de infecção não prejudique seu bom funcionamento.
           
2) Sexo durante o período menstrual - Lv 18:20. As paredes vaginais ficam sensíveis durante o período menstrual e a penetração pode causar maiores sangramentos. Algumas mulheres que têm grande vontade de fazer sexo nesse período optam por ser acariciadas manualmente pelo marido quando há uma pequena pausa na menstruação. Outras, inclusive os maridos, não suportam nem pensar em tal possibilidade de satisfação. Para mais informações sobre práticas sexuais ilícitas, ler todo o cap. 18 de Levítico.


A Bíblia NÃO SE POSICIONA:
           

1) Sobre o sexo oral - os especialistas cristãos diferem em seus pontos de vista sobre este assunto. Alguns acham que não há problemas em o casal fazer carícias orais antes da penetração se ambos forem pessoas saudáveis. Outros acreditam que os tecidos bucais não são resistentes às bactérias genitais e, portanto, não recomendam.

2) Sobre o tipo de posição que o casal pode adotar ao fazer sexo. 1 Coríntios 7:3-5 apresentam orientações que podem ajudar o casal a decidir sobre como dar prazer ao outro (o sexo não pode ser egoísta):
a) Verso 3 - cada um deve conceder aquilo que é devido à pessoa amada. Marido e mulher precisam entrar num consenso ao expor a forma como gostariam de ser acariciados (com carícias orais ou não);
b) Verso 4 - tanto um quanto o outro têm o dever de satisfazer o desejo sexual do outro, quando houver condições físicas e psicológicas para isso, é claro;
c) Verso 5 - marido e mulher não devem ficar muito tempo sem fazer sexo porque Satanás pode aproveitar a situação e colocar outra pessoa no caminho.
           

Concluindo, o casal cristão não deve praticar aquilo que Deus condena na Bíblia e, sobre aquilo que não foi relevado, ambos precisam dialogar e decidir JUNTOS, considerando o princípio de Romanos 14:22, 23. JAMAIS o cônjuge deve ser pressionado ou obrigado a fazer aquilo que não quer, pois não respeitar a sensibilidade e a consciência moral do outro se constitui em GRAVE pecado.




Leia outros textos sobre SEXO clicando aqui.

Pergunta Que Será Respondida Amanhã:
Qual é a filosofia de música da Igreja Adventista?

15 comentários:

  1. gostei do comentário.Essa conversas abertas e expostas desse jeito é muito interessante, porque muitos casais que se amam entendem que tudo é pecaminoso,uma carícia com seu amado,a exploração,e isso acaba dando margem a realmente a infidelidade,essas orientações espirituais deveriam ser dadas na igreja aos casais,antes e depois do casamento, outras igrejas como a católica por exemplo faz uma preparação com casais antes do casamento e nossa igrejas evangelicas não conseguem ser francos e conversar abertamente sobre sexo com casais. Apoiado achei seu site casualmente procurando mateus 24:14 um comentário e fiquei fascinada pelos artigos. Breve estarei participando novamente. Pode se postar artigo?

    ResponderExcluir
  2. "O corpo é o templo do Espírito Santo (1 Co 3:16, 17; 6:19, 20), ou seja, SAGRADO. Não deve sofrer lesões e precisa ser cuidado para que qualquer tipo de infecção não prejudique seu bom funcionamento" Então se for pensar por esse lado, eu ando de skate, e vou te que parar porque meu esporte causa lesões!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André, pelo que vejo vc só entende de skate mesmo. Deixa de ser egoísta e descobre maneiras de sentir um prazer alucinante com quem você ama.
      Você ainda não sabe o sabor de uma mulher, quando ela é tocada e acariciada com todo o carinho e ternura. Você não sabe como ela vai te recompensar. Não consigo nem te descrever com palavras... Só de pensar eu viajo. É gostoso demais.
      Faça sexo com amor e verás a grande diferença.

      Excluir
    2. Dentro de 4 paredes tudo é válido desde que haja consentimentos de ambas as partes e com higiene, o resto é apenas especulações, de religiosos que tentam deturpar e usar a Palavra para fazerem sua heresias, o prazer sexual é valido em todos os sentidos, pois é uma busca a dois no íntimo do prazer.

      Excluir
  3. Lembrando que Levítico trata de leis aos judeus, leis religiosas, inclusives das quais não cumprimos praticamente nenhuma. Nem o sábado (que já vem de antes da Lei) os cristãos não gostam de guardar e criam mil justificativas. É correto ficar pegando minúcias da lei judaica para criar proibições, sendo que não somos judeus (algo que os cristãos sempre repetem quando não querem cumprir certas leis), não cumprimos as demais leis, não cumprimos os mitzvot e nem considerados praticar várias coisas que estão no Antigo Testamento? Algumas proibições servem, outras não? Muitos mandamentos ignoramos, e outros julga-se "conveniente" guardar? Aí há confusão... os cristãos de hoje em dia precisam orar por discernimento e entender o que significa cada coisa. Quem ensina aos outros têm uma responsabilidade ainda maior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Nem o sábado (que já vem de antes da Lei) os cristãos não gostam de guardar e criam mil justificativas."

      Não vamos generalizar amigo. Nós adventistas observamos o sábado, que como vc bem disse, foi instítuído antes das leis. Observamos tb o padrão de alimentação dado a Adão, Noé (portanto tb anterior à lei). Concordo em orar por discernimento, e isso começa por obedecer mediante a graça os preceitos da lei. Não PARA ser salvos, mas em reconhecimento à salvação que já nos foi dada.

      Excluir
  4. é as pessoas não gostam de ouvir a verdade! mas como fica a higiene e a saúde na hora que rola,voce come ,e na hora h voce coloca a boca aonde é pra por comida e naquilo por oque é pra por! então! na hora a boca que é pra comer se hidrarta na hora vai funcionar com canal de prazer! sodoma e gomorra,corrupcao ,concupsciencia da carne é pecado! simples assim,como é simples voce ser feliz e ser realizado com seu esposo e com sua esposa! quem anda buscando outro sentido pra boca,que já tem sua funcão e não precisa de outra! é que tá desejando outro prazeres,ou uma tara,que vai pelo caminho do que não é saudavËl pra quem conhece de bíblia! simples,como dizem que se não darmos dizimos é certa a maldicão,mas se esquecem que a maldicão teve inicio do povo de DEUS PRATICANDO SEXO QUE NEM ANIMAL,E ADORANDO OUTROS DEUSE E DAÍ VEIO TAMANHA MALDICAO! DEIXARAM AO SENHOR,E COMECARAM A IMITAR O COSTUME DO MUNDO! PRONTO! SEXO ORAL É COSTUME MUNDANOOO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo totalmente, a senhora está afirmando coisa segundo sua mente com verdade. Primeiramente não escrevera com clareza, mas pressuponho que se hesitou em tentar relacionar que a boca tem por única função apenas se alimentar. Pura hipocrisia respiramos pela boca utilizamos dentes para realizar outros trabalhos. SEXO ORAL feito com higiene é mais saudável que sexo SEM higiene adequada. Em ICoríntios 7:3-5 podemos ver claramente que se houver respeito consentimento e prazer por ambas as partes SEXO ORAL NÃO É PECADO, dizer o oposto é achismo se a senhora não aceita tal prática é algo entre a senhora e seu cônjuge.

      Excluir
  5. blog muito legal e o artigo foi muito bem explicado, realmente foi bem útil porque em se tratando do sexo oral muitos divergiam sem se quer dar uma passagem bíblica que nos amparasse tanto para sim quanto para não... amei o texto!

    ResponderExcluir
  6. esclareceu minhas dúvidas obrigado

    ResponderExcluir
  7. Sou solidario e amoroso em todos os sentidos em nosso cantinho do AMOR. o que ela quer eu tô dando não importa eu quero fazer ela feliz e eu também. Se foi Deus que me de u essa maravilhosa mulher. eu tenho que ser um bom marido e um bom amante.

    ResponderExcluir
  8. Muito esclarecedor preciso mostrar esse artigo para minha esposa

    ResponderExcluir
  9. A pornografia tem deturpado o verdadeiro significado do sexo, a verdadeira imagem de uma relação sexual sadia. Quando falamos em sexo oral, a primeira coisa que vem a mente da maioria das pessoas são as imagens repugnantes já vistas em revistas ou filmes pornográficos. É certo que não iremos, em nome da liberdade, fazermos "de tudo que o mundo faz no sexo", mas se mantivermos o sexo numa relação de eterna monotonia, sem suas carícias, cairemos numa terrível decepção e frustração, achando que servimos a um Deus que "proíbe tudo", até mesmo depois de estarmos casados.


    Quem ama a sua esposa, ou esposo, acha nela ou nele a sua beleza, e jamais sentirá condenação em colocar a boca em qualquer parte do seu corpo, pois os dois já são uma só carne! Se não há base bíblica para proibir o sexo oral, de onde provém isso? Isso é proveniente de falsa santidade e moralismo, hipocrisia de pessoas que não conhecem a bíblia, dos “achismos” pentecostais e tradicionais, religiosos fanáticos, que criam, sob: línguas estranhas (algumas muito estranhas mesmo), falsas revelações, e versículos fora de contexto - um bloqueio na vida sexual de cristãos, que ao invés de promoverem edificação só trazem confusões e frustrações.


    "Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência, proibindo o casamento e ordenando a abstinência dos manjares que Deus criou para os fiéis e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças". (1 Timóteo 4:2,3)

    Uma das desculpas dos que acham o sexo oral um pecado, é que a "sua boca é para louvor e adoração ao Senhor", e não para "essas coisas". Se a boca é somente para orar, louvar e pregar, não vai se alimentar mais? Realmente os nossos lábios são mesmo para louvor e adoração ao Senhor, assim como todo o nosso corpo é templo do Espírito Santo. Se sexo oral fosse pecado (porque a bíblia não menciona), o que dizer do beijo na boca? A bíblia também não menciona! É pecado?? Se essas pessoas alegam que a boca é para louvor e adoração, eles beijam a esposa na boca? Por quê?? Porque é permitido o beijo na boca (uma forma de carinho que não deixa de excitar, dependendo da ocasião) e não é permitido o sexo oral?!

    Se a boca é para pregar, orar e glorificar, e as MÃOS? Não são utilizadas para ungir? Para impor as mãos sobre os enfermos? Para orar pelos irmãos? A esposa não pode mais ser acariciada? A esposa não vai mais acariciar o seu esposo?? Vão fazer sexo como dois animais? Só encostam e pronto?

    ResponderExcluir

Quer dizer o que pensa sobre o assunto?
Então, escreva aí. Fique à vontade.
Mas lembre-se: não aceitamos comentários anônimos.
Agora, se quiser fazer uma pergunta, escreva para nasaladopastor@hotmail.com