segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

CONSAGRAÇÃO - Números 07-08

Hoje, temos o privilégio de ler dois capítulos que mexem muito conosco, se é que queremos ser realmente cristãos felizes: A consagração dos príncipes (cap. 07), na dedicação do altar, e a consagração dos levitas (cap. 08).
Você é alguém consagrado a Deus? Sabe o que é ser consagrado para Deus? “Consagrar” está relacionado a “dedicar-se”, “separar-se para alguma coisa”. Ex: Na hora em que eu estava escrevendo esta meditação, uma pessoa pediu-me um favor, e eu tive que dizer “não” para ela. Porque eu estava dedicando-me, totalmente, para preparar essa meditação, de maneira que não poderiaa fazer outra coisa. Eu não tinha tempo para mais nada.
E como cristãos, devemos dedicar o nosso tempo para quê? Para as coisas do mundo? Para coisas sem valor? Ou será que cada um de nós não pode consagrar um pouco do nosso tempo e todo o nosso estilo de viver para Deus?
Você tem tempo para Deus?
Certa vez, numa sala de aulas de um seminário, um grupo de seminaristas fazia uma prova que tinha apenas uma questão. A resposta deveria ser uma dissertação, praticamente, uma redação. Porque o enunciado da questão era assim: “Fale sobre Deus, e sobre o Diabo. Você pode escrever por 60 minutos”. Os seminaristas começaram a escrever. Um deles pegou uma folha e começou escrevendo sobre Deus. Ele dissertou sobre as maravilhas de Deus, a obra de Deus, o Filho, a salvação que Deus dá... E ele foi escrevendo de um modo tão apaixonado que chegou a esquecer-se do tempo. Quando percebeu, já havia gastado 59 minutos apenas na metade da questão: falar sobre Deus. Então, como não tinha mais jeito, quando o professor avisou que os alunos deveriam entregar as provas, aquele rapaz escreveu no rodapé da página: “Observação: FIQUEI TÃO ENVOLVIDO COM DEUS, QUE NÃO TIVE TEMPO PARA SATANÁS”. Apesar de responder a apenas 50% da questão, a dissertação daquele aluno foi considerada a melhor de todas.
Isso é nobreza superior de caráter cristão. É um exemplo. E você pode encarar a leitura de hoje, também, assim: como um exemplo de prioridade e como uma inspiração para sua própria pessoa; porque, na dedicação do altar, os primeiros a consagrarem-se a Deus foram os príncipes. Logo, se você, com prioridade, consagrar-se ao Senhor, você estará, na realidade, honrando o que você realmente é: um príncipe, uma princesa.
É verdade! Somos filhos do Rei Jesus! Esse é seu valor e sua nobreza, como cristão: separar-se das coisas profanas do mundo, por ser “consagrado”. Fique tão envolvido com as coisas de Deus, a ponto de não ter tempo para as coisas de Satanás. Isso é consagração.

Twitter: @Valdeci_Junior
e
Fátima Silva

Um comentário:

Quer dizer o que pensa sobre o assunto?
Então, escreva aí. Fique à vontade.
Mas lembre-se: não aceitamos comentários anônimos.
Agora, se quiser fazer uma pergunta, escreva para nasaladopastor@hotmail.com