domingo, 23 de setembro de 2012

O LIVRO DE MIQUÉIAS

Miquéias 01-04


Hoje, vamos lidar com uma palavra que tem um significado muito especial: “Aquele que é como Yahweh ou aquele que é como Deus”. Você sabe que palavra possui esse significado? É Miquéias. Seu nome é uma expressão de louvor e reverência ao Deus de Israel. E você quer saber como se faz para ser parecido com Deus? Através da leitura da Bíblia, descobrimos isso.

Deus quer que sejamos imitadores dEle, do Seu caráter, das Suas ações naquilo que pudermos, porque, afinal de contas, Ele nos criou conforme à imagem e a semelhança. Aliás, foi o próprio Jesus quem falou: “Sede santos, como santo é o vosso pai que está no céu”.

Ao ler os capítulos de hoje, lembre-se que a palavra Miquéias quer dizer “aquele que é como Deus”. É um nome significativo, que ocorre em muitas impressões de selos hebraicos.

O autor desse livro foi o próprio profeta Miquéias, que era natural de Moresete, em Judá. Mas, apesar de pertencer a Judá e ser natural de lá, ele falou tanto a Judá quanto a Israel. Profetizou durante os reinados de Jotão, de Acaz e também do rei Ezequias. Inclusive, se você verificar em Isaías 1:1, verá que Miquéias foi contemporâneo do profeta Isaías.

O livro de Miquéias começa com algumas “ameaças de juízos vindouros”, nos capítulos um, dois e três. Ao longo no capítulo quatro, já vêm as “promessas proféticas de libertação”. No livro de Miquéias, muitos “pecados específicos são condenados” e, depois, o livro termina com os ares de uma possível “esperança futura”.

Percebe-se que o livro de Miquéias é muito bem colocado e aceito dentro da coleção dos livros bíblicos, porque é citado em várias outras partes da Bíblia. Por exemplo, Miquéias 3:12 é citado em Jeremias, pelos anciãos, ao salvar a vida dele (Jeremias 26:16-19). O livro de Miquéias também é citado pelo Sinédrio para Herodes, o Grande, por ocasião do nascimento de Jesus, em Mateus 2:5-6, quando cita Miquéias 5:2. O próprio Cristo, em Mateus 10:35-36, citou as palavras de Miquéias 7:6, quando Ele estava enviando os discípulos para ir trabalhar.

Bem, as passagens mais notáveis que temos no livro de Miquéias são:

Miquéias 6:8 – Aborda a definição da verdadeira religião, já que justiça, misericórdia e obediência eram as qualidades que mais faltavam em Judá;

Miquéias 5:2 - Anuncia, profeticamente, o lugar onde Jesus iria nascer;

Miquéias 7:18-19 – Apresenta uma grande passagem notável, onde vemos a capacidade incrível que Deus tem de se esquecer completamente dos pecados dos crentes arrependidos.

A graça de Deus impressiona. Embora nos conhecendo, nosso Pai nunca se cansa de amar.

Sinta-se amado e especial neste dia!



Valdeci Júnior
e
Fátima Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer dizer o que pensa sobre o assunto?
Então, escreva aí. Fique à vontade.
Agora, se quiser fazer uma pergunta, escreva para nasaladopastor@hotmail.com