terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

MOFO - Levítico 13-14


Você conhece alguém que tem rinite? Você tem rinite? E o que você faz para não sofrer com essa doença? Você sabe que a rinite alérgica sazonal, também chamada de febre do feno, afeta muitas pessoas?
Os especialistas dizem que esses incômodos no nariz são causados por substâncias que eles chamam de alérgenos. Eles são encontrados no pólen que é carregado no ar e também nos esporos de fungos, que estão entre os principais desencadeadores dos sintomas alérgicos. Quem tem rinite, ao entrar em contato com esses agentes, experimenta a conhecida piora dos sintomas: os espirros, a congestão nasal, coriza, coceira no nariz e no teto da boca, na garganta e até nos olhos. Não é fácil!
O mofo também é grande mal. E nossa leitura bíblica de hoje aborda sobre esse assunto. Você sabe o que são mofos ou bolores? São fungos microscópicos, semelhantes a cogumelos pequenos, só que sem caule, raiz e folhas. Eles soltam seus esporos, que flutuam no ar como pólen e vêm bater direto no nosso nariz. E irrita para valer!
Os mofos estão presentes em qualquer habitat possível. Fora do ambiente doméstico, podem ser encontrados no solo, na vegetação e nas raízes. Já dentro de casa, eles podem ser encontrados no sótão, no porão, nos banheiros, nos refrigeradores, em reservatórios alimentares, na lixeira, nos containeres, nos tapetes e para todo lado.
O que fazer para não ter o nariz afetado pelo mofo? Há algumas recomendações que podem ajudar você a reduzir a exposição a esses ataques do mofo, que são coisas que podem desencadear os sintomas alérgicos. Veja algumas:
1. Manter as janelas da casa fechadas durante a noite. Daí, ao invés de deixá-las abertas, usar, se possível, um ar condicionado que pode limpar, resfriar e reduzir a umidade do ar;
2. Quando estiver viajando, manter as janelas do carro fechadas;
3. No período da tarde, deixar o Sol entrar dentro de casa e no carro para arejar bem;
4. Evitar estender a roupa em ambiente aberto demais;
5. Fazer o uso correto das medicações prescritas pelo seu médico e consultar-se regularmente.
O que me intriga é como aquele povão, de dois milhões de pessoas, vivendo no deserto em condições primitivas, colocariam essas recomendações em prática. Para entender isso, é preciso que entendamos as recomendações que Deus dava. Para nós, no mundo moderno, as dicas que dão mais certo são essas mencionadas acima, mas para aquele povo, naquelas condições, é do jeito que vemos em Levítico 13-14.
Deus se importa com os mínimos detalhes do nosso bem-estar e da nossa saúde. Então, quando Ele diz algo, acredite que é para o bem.


Valdeci Júnior
Fátima Silva

Um comentário:

  1. Deus se importa com os mínimos detalhes do nosso bem-estar e da nossa saúde. Então, quando Ele diz algo, acredite que é para o bem.
    Tanto que em Levítico Deus nos diz clara e objetivamente:
    - Pegue um animal puro e sem defeito
    - degole o animal e ofereça o sangue esparramando no altar
    - queima a carne pois é cheiro agradável a Deus
    Alguns acreditam que isto evoluiria para sacrifícios humanos tal qual a execução cruel de Jesus, mas por que Deus se agrada e repete insistentemente sobre despachos, macumbas, ebós, oferendas de sangue que seriam de seu agrado? Seria isto pra nosso bem?

    ResponderExcluir

Quer dizer o que pensa sobre o assunto?
Então, escreva aí. Fique à vontade.
Mas lembre-se: não aceitamos comentários anônimos.
Agora, se quiser fazer uma pergunta, escreva para nasaladopastor@hotmail.com