sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Como Ler Ellen White no Século XXI

Oque devemos fazer com uma escritora que aconselha as mulheres a encurtar os vestidos em vinte centímetros, num mundo em que muitas já os usam curtos demais, ou que recomenda que as escolas adventistas ensinem as meninas a arrear e montar cavalos, quando a maioria delas nunca precisará desse conhecimento? Parte do problema é que o mundo mudou radicalmente desde o tempo em que Ellen White viveu. Esse, porém, não é o único aspecto que os leitores do século XXI precisam levar em consideração quando leem e procuram aplicar os conselhos de um profeta que viveu em tempo e lugar diferentes. Abaixo estão dez orientações que ajudarão nossa leitura dos escritos de Ellen White a se tornar mais proveitosa e equilibrada.1 
1. Concentre-se no assunto principal. Uma pessoa pode ler os escritos de Ellen White de duas maneiras, pelo menos. Uma é buscando o tema central; a outra é procurando coisas que são novas e diferentes. O primeiro modo nos leva a uma compreensão mais acurada, enquanto o segundo leva a distorções no sentido proposto pelo autor e geralmente leva a extremos, o que Ellen White detestava. Ela mesma defendia o estudo da Bíblia mediante o qual os leitores procuram “ganhar conhecimento do tema central ‘da Bíblia’”. Para ela, esse tema era o plano da redenção e o grande conflito entre o bem e o mal. “Encarado à luz deste conceito”, o grande tema central da Bíblia, “cada tópico tem nova significação” (Educação, p. 190, 125).

Em resumo, seu conselho era ler para compreender o todo. O quadro geral mostra o contexto para interpretar outros assuntos, tanto em termos de significado como de importância. Esse princípio, além dos escritos de Ellen White, aplica-se igualmente à Bíblia,. 
2. Enfatize o que é importante. No início do século XX, quando alguns líderes da igreja usavam os escritos de Ellen G. White para provar certos pontos proféticos que ela cria serem de menor importância, ela escreveu que “o inimigo de nossa obra se agrada quando um assunto de menor importância pode ser usado para desviar a mente de nossos irmãos das grandes questões que devem constituir a preocupação de nossa mensagem” (Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 164, 165). 
3. Estude todas as informações disponíveis sobre o assunto. O neto e biógrafo de Ellen White, Arthur White, destacou esse assunto quando escreveu que “muitos têm errado ao interpretar o significado dos testemunhos tomando declarações isoladas ou fora do contexto como base para crença.
Alguns fazem isso, mesmo que existam outras citações que, se consideradas com cuidado, mostram que tomar posições baseadas em declarações isoladas, é insustentável”.2 
4. Evite interpretações extremistas. Por não seguir as orientações que Ellen White deu, alguns indivíduos recriam essas orientações de uma forma extremista, como eles próprios. Durante toda a sua vida, a tendência dela foi pela moderação que, infelizmente, falta em alguns que alegam ser seus fiéis seguidores. Por exemplo: alguns utilizam uma declaração em que Ellen White mostra desagrado com o jogo de bola para condenar todos os tipos de jogos, ao passo que ela mesma escreveu: “Não condeno o simples exercício de brincar com uma bola; mas isto, mesmo em sua simplicidade, pode ser levado ao excesso” (O Lar Adventista, p. 499). Como em muitas situações, Ellen White foi moderada, em vez de extremista. 
5. Tome em consideração tempo e lugar. Por causa das mudanças no tempo e no espaço, é importante compreender o contexto histórico de muitos dos conselhos de Ellen White. Só podemos considerar seu conselho de encurtar o vestido em vinte centímetros como algo apropriado para as mulheres do século XIX. Nunca poderíamos usar essa citação como se ela tivesse escrito para o tempo da minissaia. “Quanto aos testemunhos”, Ellen White escreveu, “coisa alguma é ignorada; coisa alguma é rejeitada; o tempo e o lugar, porém, têm que ser considerados” (Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 57). Repetidamente, ela deu esse conselho ao longo de seu ministério.
6. Estude cada afirmação em seu 
contexto literal. Com muita frequência, as pessoas baseiam sua compreensão dos ensinos de Ellen White no fragmento de um parágrafo ou numa afirmação isolada, totalmente fora do contexto. Falando sobre o mau uso que alguns fazem dos seus escritos, ela escreveu que: “Citam metade de uma frase, e omitem a outra metade, a qual, se fosse citada, mostraria que o raciocínio de quem assim procede, é falso” (Mensagens Escolhidas, v. 3, p. 82).
7. Reconheça a compreensão de Ellen White sobre o ideal e o real.
Frequentemente, Ellen White dava conselhos sobre o mesmo assunto, sob dois aspectos. O primeiro pode ser considerado como o ideal. Nesse aspecto, as declarações não permitem exceções. Um exemplo é o conselho em relação ao ideal de que os pais deveriam ser os “únicos professores de seus filhos até alcançarem a idade de oito a dez anos” (Testemunhos Para a Igreja, v. 3, p. 137). Por outro lado, quando ela trata com situações do cotidiano do mundo, frequentemente seu conselho é ajustar as necessidades reais do povo com suas reais limitações. Embora tenha moderado seu conselho para que os pais sejam os “únicos” professores ao acrescentar que esse ideal deveria ser mantido, “se” tanto o pai como a mãe desejassem fazer o trabalho. Se não, as crianças deveriam ser enviadas à escola (Mensagens Escolhidas, v. 3, p. 215-217).

Ellen White nunca perdeu seu senso de ideal, mas estava pronta a acomodar seus conselhos para se adequar à realidade do mundo. Um dos aborrecimentos de sua vida foi com aqueles que coletavam suas afirmações do ideal procurando apenas “impô-las a todos, e, em vez de ganhar almas, repelem-nas” (Mensagens Escolhidas, v. 3, p. 284-288). 
8. Use o bom-senso. As citações de Ellen White não resolvem todos os problemas. Às vezes, simplesmente não encaixam. Quando surgiram alguns problemas porque estavam mencionando suas declarações de que os pais deveriam ser os únicos professores de seus filhos até os 8 ou 10 anos de idade, ela respondeu dizendo que “Deus deseja que lidemos sensatamente com esses problemas”. Ela estava sendo provocada pelos que tomaram uma atitude dizendo: ‘Ora, a irmã White disse assim e assim, e a irmã White falou isto ou aquilo; e, portanto, procederemos exatamente de acordo com isso.’” Sua resposta para tais pessoas foi: “Deus quer que todos nós tenhamos bom-senso, e deseja que raciocinemos movidos pelo senso comum. As circunstâncias alteram as condições. As circunstâncias modificam a relação das coisas” (Mensagens Escolhidas, v. 3, p. 215, 217). Seu conselho foi que os leitores precisavam usar bom-senso, mesmo quando tinham uma citação sua sobre o assunto. 
9. Descobrir os princípios implícitos. Na virada do século XIX para o XX, Ellen White escreveu que seria bom que “as moças pudessem aprender a arrear e cavalgar” (Educação, p. 216, 217). Aquela era uma prática em seus dias, mas não mais hoje. Os princípios implícitos nesse conselho, entretanto, ainda são muito importantes. Ou seja, as mulheres devem ser auto-suficientes ao locomover-se. Portanto, em nossos dias, devem ser capazes de dirigir um carro e trocar um pneu. A especificação exata do conselho pode mudar, mas o princípio implícito tem valor permanente. 
10. Tenha certeza de que isso foi dito por Ellen White. Muitas declarações atribuídas a Ellen White nunca foram feitas por ela. O único método seguro é usar declarações que podem ser encontradas em seus trabalhos publicados ou não publicados, mas validados pelo Departamento de Pesquisas Ellen White. Muitos têm sido desviados por declarações que ela nunca fez, mas que são atribuídas a ela.
Os escritos de Ellen White têm sido uma bênção a leitores em todo o mundo. E serão muito mais eficazes se forem lidos tendo em conta as orientações acima. 
1Discussão mais detalhada sobre esse assunto pode ser encontrada em George R. Knight, Reading Ellen White: How to Understand and Apply Her Writings (Hagerstown, Md.: Review and Herald Publishing Assn., 1997). 
2Arthur L. White, Ellen G. White: Messenger to the Remnant (Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Assn., 1969), p. 88.
http://portuguese.adventistworld.org/index.php?option=com_content&view=article&id=461

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Na Mira da Verdade e Escola Bíblica Local em Caxias do Sul


Saudações de Esperança!

A Rede Novo Tempo de Comunicação agora vem até você com ótimas notícias.

Pela mídia, sempre tivemos a oportunidade de participar da programação da Novo Tempo:

TV - Canal 14 da Sky

TV - Canal 59 UHF

Rádio – 99,9 FM

Web - novotempo.com


Mas agora você está recebendo um convite personalizado para participar da inauguração do nosso espaço físico local, aqui em nossa região.

É o Espaço Novo Tempo do bairro São José.

O Evento acontecerá da seguinte forma:

1)      De 22 a 29 de Março – Na Mira da Verdade.

a.       Todos os dias, às 19h, no auditório do “Espaço Novo Tempo”, na Rua Evaristo de Antoni, 2337, Bairro São José (próximo ao Sacolão São José, em frente a Metalaço).
                                                               i.      Apresentação das perguntas por Valdeci Júnior, do programa “Reavivados Por Sua Palavra”, que vai ao ar, na Rádio Novo Tempo, diariamente às 2h e às 14h.
                                                             ii.      Respostas e Palestras pelo professor Jorge Luis, que é palestrante, conferencista e instrutor bíblico nos auditórios da Novo Tempo na grande Porto Alegre.
                                                            iii.      Se você vier acompanhado de crianças, teremos também o espaço infantil.

2)      A partir de 29 de Março – no Espaço Novo Tempo:

a.       Aulas presenciais da Escola Bíblica Distrital, com presença facultativa, brindes, formaturas, certificação, interação e muito mais!
                                                               i.      Duas vezes por semana.
b.      Programas de auditório, como os da TV Novo Tempo.
                                                               i.      Duas vezes por semana.

Estamos esperando por você!



Seus amigos da Novo Tempo

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Recado Para a IASD Central de Caxias em 22/02/2014



III Congresso Adventista de Saúde do RS – Se você é estudante, acadêmico, auxiliar, técnico, profissional, funcionário ou administrador das áreas de Agronomia, Assistência Social, Biologia, Ed. Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Massoterapia, Odontologia, Protético,  Nutrição, Psicologia, Gestão Ambiental, Biotecnologia, Eng. de Alimentos, Terapia Familiar, Terapia Ocupacional, Veterinária, ou se participa do departamento de saúde da sua igreja, faça já sua inscrição no  WWW.APASAUDE.ORG  . Será de 31/10 a 02/11/2014 no DALL’ONDER GRAND HOTEL, Bento Gonçalves.
Comissão da Igreja – A próxima reunião será na sexta feira 28/02. Se você tem algum assunto sobre o qual gostaria que tratássemos, por favor, passe-o, com bastante antecedência, para o secretário da igreja.
Obreiro(a) Bíblico(a) –  Contrata-se alguém que queira trabalhar de obreiro(a) bíblico(a), em tempo integral ou parcial. Se a pessoa não tiver experiência anterior, o pastor poderá treiná-la. Remuneração a ser combinada. Para participar do processo seletivo, fale diretamente com o pastor.
Depósito de Dízimo e Ofertas – Muitos têm pedido maior segurança para esta adoração a Deus. Como alternativa, você pode seguir os seguintes passos: a) Deposite seu dízimo e/ou oferta para “União Sul Brasileira – Agência BanriSul 0180 – Conta 0618005309”; b) Coloque o recibo de depósito num envelope e identifique o seu nome completo e o destino da doação; c) Participe do momento da adoração ao Senhor entregando o envelope contendo o recibo identificado e destinado. IMPORTANTE: Se a tesouraria da igreja não receber a identificação, o dinheiro ficará perdido. Para o aproveitamento da doação via banco, a identificação é obrigatória.
PLANTIO DE uma nova IGREJA – Quer sair de sua zona de conforto para aceitar um novo desafio? O pastor está procurando pessoas que queiram compor a equipe de pioneiros de uma nova igreja que será plantada em 2014. Procure-o!
Cada Um Salvando Um – Entenda tudo sobre o projeto 2014 da igreja em http://www.cadaumsalvandoum.com.br/.

Sermão do Culto Divino – Pr. Harry Streithorst

Um abraço,
Pr. Valdeci Jr.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Música Adventista

 Em Alagoas, me chamaram pra uma discussão sobre música. Eu disse que não estava afim. Mas insistiram em saber o que eu pensava sobre a filosofia da música. Quer saber? Pra debater sobre isso primeiro é preciso estudar. Então, pra saber um pouquinho do que penso sobre isso, primeiro dê uma lidinha nos textos linkados abaixo:









O Cristão e a Música Rock? Não Recomendo: http://www.nasaladopastor.com/2010/10/o-cristao-e-musica-rock.html

Uso dos Tambores na Adoração do Templo Após os Eventos Narrados em Crônicas: http://www.nasaladopastor.com/2010/12/uso-dos-tambores-na-adoracao-do-templo.html




Centro White da Conferência Geral Publica Resposta Sobre Bateria -  http://www.nasaladopastor.com/2011/04/centro-white-da-conferencia-geral.html









A Neutralidade da Música - http://www.nasaladopastor.com/2010/12/neutralidade-da-musica.html

1) "Cristãos em Busca de Êxtase" e a Música -  http://www.nasaladopastor.com/2013/11/cristaos-em-busca-de-extase-e-musica.html

2) Cristãos Em Busca do Êxtase: Para Compreender A Nova Liturgia e o Papel da Música na Adoração Contemporânea - http://www.nasaladopastor.com/2014/05/cristaos-em-busca-do-extase-para.html 

Fogo Estranho X Fogo do Senhor - http://www.nasaladopastor.com/2014/06/musica-contemporanea-x-fogo-extranho.html

O que fazer com a Música na Igreja? - http://www.nasaladopastor.com/2014/06/o-que-fazer-com-musica-na-igreja.html

Como Fazer um Ministério de Louvor na Igreja? http://www.nasaladopastor.com/2014/06/como-fazer-um-ministerio-de-louvor.html

Ellen White Era Contra a Bateria na Música Sacra? - http://www.nasaladopastor.com/2014/06/ellen-white-era-contra-bateria-na.html

Tambores e os Instrumentos do Senhor - http://www.nasaladopastor.com/2014/06/tambores-e-os-instrumentos-do-senhor.html

ADORAÇÃO ADVENTISTA: A Música Em Espírito e em Verdade - http://www.nasaladopastor.com/2014/07/adoracao-adventista-musica-em-espirito.html

Melodias dos Salmos: Onde Encontrá-las? http://www.nasaladopastor.com/2014/09/melodias-dos-salmos-onde-encontra-las.html

Adventismo - Um olhar Histórico - http://www.nasaladopastor.com/2015/01/adventismo-um-olhar-historico.html

Louvor Oficial da Igreja Adventista em 2015 - http://www.nasaladopastor.com/2015/01/eu-sou-mensagem.html

Perante o Trono de Deus - Hinos ao Pai e ao Filho - Apocalipse 4 e 5 - http://www.nasaladopastor.com/2014/08/perante-o-trono-de-deus.html

Demais Tags sobre Música - http://www.nasaladopastor.com/search/label/M%C3%BAsica Quando chegar no fim da última postagem, lá no rodapé da página, clique em Postagens Mais Antigas.


E por favor, só venha discutir sobre música comigo depois que tiver lido, pelo menos, todos estes textos, na íntegra e atentivamente, porque eu vou lhe fazer perguntas específicas de detalhes contidos neles, ok? Rsrsrs.

Um abraço e um beijo carinhosos e cristãos bem no seu coração,

Do pastor que te ama,

Valdeci Jr.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Globo Pode Ensinar Os Cristãos a Se Vestirem

Já ouviu falar que, muitas vezes os filhos deste mundo são mais prudentes que os filhos da luz? Pois é. Não quero julgar as pessoas que trabalham para a Rede Globo. Em hipótese alguma! Mas quero citar que a Globo, totalmente secular, que trata apenas dos assuntos limitados a este mundo, do qual eu e você fazemos parte, está dando um show de prudência pra servir de exemplo para as igrejas, que se propõem a serem canal de uma mensagem que seria de outro mundo, do mundo da luz (Lucas 16:8).

Acabei de ler a matéria “Globo proíbe jeans rasgado, manga bufante, cabelão e unha preta” no site de notícias da UOL. O texto deveria ter sido escrito por nós, líderes, como orientação eclesiástica não somente aos pregadores e professores de Bíblia, mas também a todos os que se propõem serem repórteres do evangelho. E sabe quem são? Todos os cristãos. Porque Paulo explica que todos que resolvem ser cristãos tornam-se “cartas vivas” das boas novas de Cristo (2Coríntios 3:1-8). Queira ou não, você está veiculando algum tipo de testemunho. E que news reporta você ao mundo? Como transmitir a mensagem da esperança sem ruído de comunicação? A Comunicação Social pode lhe ensinar. Por isso, leia abaixo, a matéria em paráfrase.

A Igreja [Globo] editou na semana passada uma nova norma colocando limites na flexibilização no visual dos cristãos [jornalistas] adotada nos últimos anos. Diante de alguns excessos, a instituição cristã [emissora] deixou claro que o pregador [repórter] e [o apresentador] a testemunha do evangelho que aparecem diante das pessoas [no vídeo] não devem brilhar mais do que as boas novas [notícia]. Assim, não devem usar cabelos muito compridos, camisa xadrez, esmalte preto ou azul e roupas com mangas bufantes. Calça jeans pode, mas só no corte tradicional, sem manchas ou rasgos.

Até o final dos anos 2000, a Igreja [Globo] exigia blazers para mulheres e ternos para homens. Para deixar os jornalistas mais próximos do visual que o telespectador usa, criando identidade, o ministério [a emissora] passou a adotar trajes menos formais. Homens podem usar camisas sociais e polo, dependendo da ocasião. Mas ocorreram exageros, e a nova norma tenta disciplinar o que pode e o que não pode.

Pela norma, muitos cristãos [apresentadores de afiliadas e repórteres como Ilze Scamparini] estão fora do padrão Cristão [Globo] de visual de bom testemunho [jornalismo]. Confira as principais regras:
Cabelos: devem ser curtos ou médios, no máximo na altura dos ombros. Cabelos compridos chamam muita atenção. Franjas estão proibidas. Deixam a pessoa que não é adolescente [jornalista] com cara de adolescente.

Acessórios: brincos, colares, pulseiras e relógios devem ser pequenos, discretos, sem pedras. Proibido usar mais de um anel na mesma mão.

Unhas: Até cinco anos atrás, esmaltes coloridos eram proibidos. Tons beges e vinhos agora são permitidos, mas unhas pretas, azuis, verdes e roxas estão vetadas.

Mangas: estão proibidas as mangas muito curtas, tipo baby look, as bufantes e as muito volumosas. As primeiras não ficam bem para mulheres com braços gordos. As bufantes infantilizam.

Estampas: roupas xadrezes, estampadas e de listras fortemente contrastadas continuam proibidas porque chamam muita atenção e porque podem causar "batimento" na vista das pessoas [no vídeo], gerando uma distorção na mensagem a ser transmitida [imagem].

Brilho: roupas com brilho ou decotadas não podem ser usadas no serviço da igreja nem no trabalho missionário [vídeo]. Babados e tecidos que amassam muito, como o linho, também não. 

Transparências são permitidas, desde que com uma outra roupa por baixo.

Calças: nem pensar em ir para a rua com calças capri (aquelas que batem na canela), muito justas (skinnies), sarouels e leggings. São casuais demais e, no caso das sarouels, na prática [no vídeo] parecem fraldões. Recomenda-se calças de alfaiataria para os homens. Jeans pode, desde que de corte reto e tradicional. Nada de calças rasgadas ou com lavagens que descolorem o brim.

Tamanho: é proibido usar roupa justa. Cristãos [Jornalistas] devem preferir peças mais soltas no corpo, porque marcam menos. Mulheres devem tomar cuidado com malhas e tecidos de elastano, evitando mostrar sutiãs e "pneus".

Apenas o parágrafo dos acessórios precisaria de um pequeno ajuste. No mais, que aula perfeita esta página de manual de jornalismo dá para a igreja! Está difícil alcançar o Céu? Por que nós cristãos não chegamos pelo menos ao nível dos nossos amigos jornalistas? Se a Comunicação Social tem tanto o que ensinar à Religião, imagine Deus! Busque conhecê-Lo, bem como Sua vontade. Siga o padrão Jesus!

“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus
(Romanos 12:2)”.

Um abraço,
Pr. Valdeci Jr.


domingo, 16 de fevereiro de 2014

Cada Um Salvando Um

Cada Tchê Salvando um Tchê!


http://www.cadaumsalvandoum.com.br/

Um abraço,

Pr. Valdeci Jr.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Recado Pastoral Para a Igreja Central de Caxias em 15 de Março de 2014

O que está no vídeo abaixo é um recado do Pastor Valdeci Jr. para a igreja adventista central de Caxias do Sul, RS., no dia 15 de fevereiro de 2014: 



Resumindo,

1) Teremos treinamento de Duplas Missionárias com toda a equipe da ACSR às 20h. Todos estão convocados;
2) Estamos nos reunindo todos os dias na igreja, às 5h da manhã, para a busca pelo Espírito Santo. 

Participe Conosco!

Um abraço,

Pr. Valdeci Jr.

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Recado Pastoral Pra Igreja Central de Caxias do Sul - 01/02/14

No recado abaixo, cito um lugar, que pode ser visto clicando aqui. 


Tenha um feliz sábado!
Pr. Valdeci Jr.